Mad Men Illustrated

23 09 2008

Dyna Moe, uma designer e ilustradora de NYC, está disponibilizando, no seu Flickr, um projeto bem legal. São ilustrações baseadas na série Mad Men, exibida nos Estados Unidos pelo canal AMC.

Pra quem não conhece, Mad Men aborda as relações humanas e trabalhistas em uma agência de publicidade de Nova York na década de 60. No último domingo, levou pra casa 6 Emmys, incluindo melhor série dramática, prêmio que ano passado ficou com a já clássica Família Soprano. Clique na imagem abaixo pra dar uma olhada em todas as ilustrações, vale a pena.

Quem ficou interessado no trabalho de Dyna Moe pode, ainda, conferir o portoflio da ilustradora.

Por Yasmin Medeiros

Anúncios




Vi e não recomendo – Séries

22 08 2008

Todo tempo estamos sendo bombardeados com novas séries importadas da TV americana ou de outros países. Não sei se acontece com você, mas muitas vezes tento me virar em 100 pra conseguir acompanhar todas as séries que eu curto. Zapeando canais da TV à cabo, descubro muita coisa legal e muita coisa ruim também. Então nada mais justo que fazer a minha listinha de séries novas (e não tão novas assim) que são pura perda de tempo.

Cashmere Mafia: quatro ambiciosas e poderosas mulheres que são amigas desde o tempo da escola tentam conciliar trabalho e família. Lembrou alguma coisa? Sim, é do mesmo criador de Sex and The City. A diferença? Roteiro fraquíssimo e personagens nada carismáticos.

Heroes: pessoas comuns com super poderes pra salvar o mundo = muitos personagens e trama que não evolui. Chega à terceira temporada enrolando e contando a mesma história idiota.

Smallville: o Super-Homem é, naturalmente, um herói meia boca. Experimente colocá-lo como adolescente e com problemas dignos de Malhação. Uma bomba.

Pussycat Dolls Present: The Search for the Next Doll: o que é Pussycat Dolls? E o que é a falta de noção em fazer um seriado pra escolher a próxima integrante desse grupo?

Everwood: quanto tempo leva para um seriado de velho com problemas com os filhos entediar uma pessoa? 5 minutos. Quanto tempo tem a série? Anos!

Big Shots: se era uma tentativa de fazer um Sex and The City masculino, falhou. A ABC se tocou e cancelou. Num determinado episódio, um personagem confessa aos amigos que pegou um travesti e eles acham graça. Qual é a maior mentira? O cara assumir que ficou com um traveco ou os amigos não tornarem a vida do cara um inferno?

Por Yasmin Medeiros





Lost Season Finale: os spoilers que eu não vi

30 05 2008

Logo que assisti Lost pela primeira vez achei sensacional. Lembro muito bem o dia, inclusive. Estava eu mais uma vez enrolando no trabalho quando um amigo chegou na agência e disse “tu precisas ver essa série nova. Se chama Lost, acabou de sair nos Estados Unidos”. Aquele enredo me encantou logo de cara e apenas vendo poucos minutos da série já consegui imaginar as infinitas possibilidades que aquela história permitia.

Mas como ruim seguidor de qualquer série, desisti de acompanhar depois de alguns episódios. Logo depois voltei a acompanhar, e desisti mais uma vez. E agora, já nos derradeiros momentos da 4ª temporada, resolvi definitivamente virar um fã de carteirinha da série. Até entrei na comunidade de Lost no Orkut. Me envergonho disso, mas tudo bem. O problema mesmo é outro. Antes de voltar a assistir esta temporada, todos sabiam dos mínimos detalhes da série mais do que eu. E isso acarretava um problema maior ainda: os spoilers. Bastava iniciar um papo inocente com algum fã de lost para ouvir coisas como “… e naquele capítulo que o Carlos André morreu…”. Epa! Como assim o Carlos André morreu? E assim também fiquei sabendo da morte do Rogério Santoro, Senhor Teco, e muitos outros.

Agora, um dia depois da exibição do último episódio da série nos EUA, estou passando por um verdadeiro bombardeio de spoilers. Por onde eu ando tem um, nem adianta fugir. Até na página inicial do Globo.com tem (olhe com cuidado, eu não sei o que tem nesse link). Por isso, resolvi tomar uma atitude drástica: vou me desconectar do mundo até ver esse maldito Season Finale. Nada de emails, Orkut, blogs, Twitter, Jaiku, Adocu, Pirarucu… Espero resistir e sair sem efeitos colaterais desse período de abstinência virtual. Até lá e nem adiantar mandar SMS!

P.S.1: Para quem quiser ver um resumão das 3 primeiras temporadas de Lost em 8’15”: http://www.youtube.com/watch?v=QIuXZ37GQIs

P.S.2: Para quem não quer esperar para fazer o download do episódio e quer ver em inglês mesmo: http://www.surfthechannel.com/info/television/Lost/79143/S4E13-14.html

P.S.3: Sim, eu sei que vão falar quem tá dentro do caixão.

| UPDATE 31/05:

Acabei de ver o episódio final da 4ª temporada de Lost. Agora, já podem falar à vontade 🙂

Por Helio Marques